Histórico

A primeira edição impressa da Revista COTOXÓ foi lançada em maio de 2008 durante o II Encontro Nacional de Leitura e Literatura Infanto-Juvenil, promovido pela Estação da Leitura  da UESB – Campus de Jequié. O primeiro número da COTOXÓ foi dedicado ao escritor Jorge Amado, que era o tema central do evento.

Ao longo destes 10 anos diversos temas culturais, ambientais, sociais,  educacionais entre outros têm sido abordado nas suas páginas através de reportagens e artigos.

Em função  de seu excelente conteúdo jornalístico, a Revista COTOXÓ tem sido utilizada como suporte didático em escolas do ensino fundamental e médio e  nos cursos de nível superior.

Impressa totalmente em papel reciclado por conta do seu compromisso sócio-ambiental, a  COTOXÓ desenvolve o projeto de incentivo à leitura LER É UM PRAZER onde exemplares da revista são distribuídos em filas de bancos, correios, escolas,  bibliotecas, empresas, hospitais e pontos de ônibus. Em decorrência deste projeto, a Fundação Pedro Calmon da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia em parceria com Ministério da Cultura  já premiou o programa na Rede de Pontos de Leitura do Estado da Bahia.

Tendo como fundador e editor o jornalista Domingos Ailton, a Revista Cotoxó conta com  uma ampla e multidisciplinar equipe de colaboradores, a exemplo dos professores Émerson Pinto de Araújo, Álvaro de Melo Veiga,  Raimundo Matos, Adriana Abreu, Candido Requião, Nilson Roberto, Adilson Gomes e Elane Nardotto, das psicanalistas Ieda Sampaio e Dalva Rebouças, da veterinária Camila Calheira,  do jornalista e cartunista Carlos Éden, do memorialista Charles Meira, da administradora Kelly Costa, do artista plástico João Batista Pessoa dentre outros.

Impressa totalmente em papel reciclado, a Cotoxó tem se pautado por um compromisso com a causa ambiental e  a cultura popular. Exemplares da Cotoxó são utilizadas como suporte didático em sala de aula e nas rodas de leitura em parceria com o Projeto Páginas Formando Leitores  da Uesb-Campus de Jequié estão sendo realizadas em diversos locais da cidade e de outros municípios baianos.

Ao longo destes 10 anos, a Cotoxó tem realizado cobertura de eventos de repercussão internacional, a exemplo da Rio +20, da Festa Literária Internacional de Paraty, do Carnaval de Salvador e do Fórum  Mundial da Água.